Grupo Oncoclínicas - Sua vida, nossa vida Oncoclínicas do Brasil

Diagnostico - HCor

De acordo com a Política Nacional de Controle do Câncer, duas ações estratégicas são fundamentais no controle da doença: a prevenção e a detecção precoce.

O papel da prevenção do câncer é essencial para que os índices de incidência e mortalidade por câncer no Brasil possam ser reduzidos. A prevenção deve ser trabalhada em dois níveis, sendo o primário (promoção à saúde) e o secundário (detecção precoce da doença).

É sempre importante entender os fatores de riscos que podem contribuir para a incidência do câncer.

Risco é um termo usado para definir a chance de uma pessoa sadia, exposta a determinados fatores, ambientais ou hereditários, adquirir uma doença.

Os fatores de risco podem ser ambientais ou por hereditariedade.

Fatores ambientais:

  • Tabagismo - hábito de fumar ou conviver em ambiente com fumante
  • Alcoolismo - alto consumo de bebidas alcoólicas
  • Hábitos alimentares - consumo excessivo de produtos industrializados, muito gordurosos, fast foods
  • Hábitos sexuais - vida sexual precoce, multiplicidade de parceiros sem métodos preventivos
  • Medicamentos - uso de remédios sem orientação médica, automedicação
  • Fatores ocupacionais - má qualidade do ar em ambiente de trabalho, exposição a substâncias tóxicas ou de potencial cancerígeno.
  • Radiações - exposição ao sol sem proteção aos raios UV

 

Hereditariedade:

Não se pode afirmar que causas hereditárias são os únicos fatores de incidência de câncer em membros de uma mesma família. Porém, é importante que entenda e identifique o histórico familiar para, aliado a hábitos de vida saudáveis, minimize as possibilidades da existência da doença. 

A ciência da Oncogenética é capaz de identificar o potencial / probabilidade de uma pessoa adquirir a doença.
Fonte: INCA

O ideal é que você agende anualmente com seu médico especialista, consultas de rotina e acompanhamento, além da realização de exames, a fim de prevenir ou mesmo diagnosticar a doença em fase inicial, aumentando substancialmente as chances de cura.

Diante de um diagnóstico, o seu médico especialista após exames específicos irá direcioná-lo para o oncologista que responderá pelo seu tratamento e dará toda a assistência em todo o processo.