Nossos serviços

Jornada Molecular

A jornada molecular na oncologia faz parte dos cuidados personalizados no tratamento do câncer. É feita através da realização de testes moleculares, com resultados fundamentais para a escolha do melhor tratamento em cada paciente. Saiba mais.
Jornada Molecular

Os cuidados personalizados na oncologia, que incluem desde diagnósticos moleculares e  tratamentos dirigidos até a análise em grande escala de dados de saúde, não apenas têm um impacto positivo nos resultados apresentados individualmente por cada paciente como também podem beneficiar a saúde coletiva. Nesse contexto, a jornada molecular representa a seleção dos testes moleculares mais apropriados no momento exato em que o paciente necessita desses resultados, para que a equipe médica defina o tratamento e/ou a prevenção do câncer. Trata-se de uma combinação de exames a serem realizados de acordo com o tipo de tumor e as características individuais do paciente. 

Existe uma série de testes moleculares obrigatórios que podem ser realizados paralelamente ou sequencialmente em algum momento do período considerado crítico para a tomada de decisão.

Dinâmica da jornada molecular

Na jornada molecular, lida-se com a individualização do processo diagnóstico e de tratamento do paciente. 

Tomando como exemplo uma mulher com câncer de mama: ela poderia iniciar sua jornada sendo submetida a um teste molecular no tumor. Se o resultado for positivo, ela será encaminhada para a realização de testes complementares, segundo as suas características e os achados no exame inicial. Supondo que a amostra do tumor colhida durante a biópsia não seja satisfatória para a condução do teste inicialmente proposto, a equipe médica irá buscar por alternativas ou adaptar o teste.

O que é o teste molecular

Os testes moleculares são análises feitas a partir de uma amostra de tecido tumoral (como pode ser uma biópsia de tumor arquivado) ou amostra de tecido normal (como a saliva). 

A biópsia líquida recebe essa denominação pois tem a capacidade de detectar alterações moleculares advindas do tumor em amostra de fluídos corporais, como o sangue. Em algumas situações, a biópsia líquida pode complementar a biópsia do tumor para diagnóstico molecular.

Os testes moleculares são capazes de identificar proteínas ou genes alterados, por exemplo, com alta expressão ou mutações. Quando detectados no tecido normal do paciente, podem estar associados a um câncer hereditário e guiar medidas preventivas para toda a família.

Mais frequentemente, as alterações moleculares são detectadas no tecido tumoral e ajudam a equipe médica na decisão de tratamentos mais assertivos, como as terapias-alvo e as imunoterapias personalizadas.

Papel do laboratório na jornada molecular

É importante realizar a jornada molecular em um laboratório com tecnologia de ponta e equipe altamente especializada, como ocorre no OC Precision Medicine.

Quando o paciente inicia sua jornada em uma clínica que oferece todos os recursos, a equipe que irá assisti-lo trabalha em consonância. Todos têm acesso ao seu histórico e os profissionais podem discutir sem demora as abordagens diagnósticas e terapêuticas.

Portanto, tão essencial quanto o momento certo para iniciar os testes moleculares é a escolha do laboratório. Optar por uma clínica que oferece a experiência completa confere mais conveniência, maior rapidez na execução e liberação de resultados (lembrando que o tempo é fundamental quando se trata de câncer) e mais eficiência na tomada de decisões.

Limitações da jornada molecular

A jornada molecular diagnóstica não se aplica para todos os pacientes com câncer. Se o médico não faz o pedido, não significa que ele está deixando de personalizar o tratamento daquele indivíduo. É preciso analisar caso a caso, pois em alguns deles a jornada molecular não tem valor crítico para decisão sobre tratamento ou prevenção da doença.

Muitas vezes, os pacientes são operados por uma equipe diferente daquela que define o tratamento oncológico, e as biópsias ficam armazenadas em um terceiro centro. Com isso, pode haver demora na coleta e envio do material para o local em que será analisado. 

Além disso, como cada laboratório tem as suas padronizações, podem ocorrer falhas na análise molecular ou até mesmo divergências nos resultados. Ter um laboratório centralizado e especializado permite a realização de exames de alta complexidade com qualidade e sem desperdiçar amostras, tornando o processo mais ágil e eficiente.

Compartilhe
Ou compartilhe o link
Link copiado para sua área de trabalho.

Nossos serviços

Conheça a nossa série de conteúdos relacionado aos nossos serviços.
Saiba mais