Especialidades

Mastologia

A mastologia é a especialidade dedicada às glândulas mamárias, uma das partes do corpo mais afetadas por células cancerígenas. Apesar de também atingir homens, é raro neste caso, mas é o tipo mais comum entre as mulheres no Brasil. Saiba mais.
Mastologia

A mastologia é a especialidade médica dedicada aos cuidados das glândulas mamárias. O mastologista é, então, o médico responsável pelo estudo, diagnóstico, tratamento e reabilitação de todas as afecções nas mamas. Entre as mulheres jovens, as doenças mais frequentes que costumam ocorrer são as de caráter benigno e que se manifestam principalmente no final da adolescência e começo da vida adulta, quando o corpo começa a produzir mais hormônios. É o caso de doenças como os fibroadenomas (nódulos) e as assimetrias (quando os seios têm tamanhos diferentes). Durante o período de gravidez e amamentação, as queixas mais comuns dizem respeito a infecções, como a mastite. 

Mastologia X câncer de mama

As glândulas mamárias são uma das partes do corpo mais afetadas por células cancerígenas. O câncer mamário também afeta homens, mas eles são minoria. O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células anormais da mama, que forma um tumor com potencial de invadir outros órgãos. 

Há vários tipos de câncer de mama. Alguns têm desenvolvimento rápido, enquanto outros crescem lentamente. A maioria dos casos, quando tratados adequadamente e em tempo oportuno, apresentam bom prognóstico.

Nódulo (caroço), fixo e geralmente indolor, é a principal manifestação da doença e presente em cerca de 90% dos casos. Outros sintomas incluem pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja, alterações no bico do peito (mamilo), pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço e saída espontânea de líquido anormal pelos mamilos.

A mamografia de rastreamento (exame realizado quando não há sinais nem sintomas suspeitos) deve ser feita em mulheres entre 50 e 69 anos, a cada dois anos. A orientação do Ministério da Saúde, o câncer de mama pode ser detectado em fases iniciais, em grande parte dos casos, aumentando assim a possibilidade de tratamentos menos agressivos e com taxas de sucesso satisfatórias. 

Todas as mulheres, independentemente da idade, devem ser estimuladas a conhecer seu corpo para saber o que é e o que não é normal em suas mamas. A maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres.

REFERÊNCIAS

https://www.inca.gov.br/tipos-de-cancer/cancer-de-mama 

https://blog.partmedsaude.com.br/voce-sabe-quando-procurar-um-mastologista/

Compartilhe
Ou compartilhe o link
Link copiado para sua área de trabalho.

Especialidades

Conheça todas as especialidades médicas dos profissionais do Grupo Oncoclínicas
Saiba mais
Clique aqui e fale direto com a OCPM