Especialidades

Radio-Oncologia

A radioncologia é uma especialidade médica que utiliza a Radioterapia no tratamento do câncer. A radioterapia é muito utilizada e pode ser feita sozinha ou combinada com outros tratamentos como a quimioterapia ou cirurgia. Saiba mais.
Radio-Oncologia

A radioncologia é uma especialidade médica que utiliza a Radioterapia (radiação ionizante) no tratamento contra o câncer. A radioterapia é bastante utilizada no tratamento de câncer e pode ser feita sozinha ou combinada com outros tratamentos como a quimioterapia ou cirurgia. O princípio primordial da radioterapia é depositar radiação com precisão nos tecidos-alvo, porém minimizando os danos aos tecidos normais próximos.

A radioterapia utiliza diferentes formas de radiação ionizante para o tratamento de câncer e doenças benignas de forma segura e eficiente. Os oncologistas radioterápicos podem utilizar a radiação para curar o câncer, controlar o crescimento de células ou paliar sintomas. O efeito da radioterapia se deve ao dano provocado no DNA das células, quando os tecidos são irradiados.

Ela costuma ser empregada em cerca de 60% dos casos de câncer, podendo ser usada isoladamente ou em combinação com a quimioterapia, antes ou após uma cirurgia, dependendo do tipo de tumor, da sua localização e da fase em que se encontra a doença.

A radioterapia é dividida em radioterapia externa, braquiterapia e radioisotopoterapia sistêmica. As diferenças estão relacionadas à posição da fonte de radiação em relação ao corpo humano.

Na radioterapia externa, a fonte fica a certa distância do paciente. Na braquiterapia, as fontes radioativas são colocadas dentro de cavidades do corpo ou implantadas diretamente nos tecidos. Na radioisotopoterapia sistêmica, a fonte radioativa é administrada por via oral ou venosa.

O radio-oncologista é o médico responsável pelo tratamento radioterápico. Além de prescrever o tipo e a técnica da radioterapia, planejar e acompanhar cada etapa do tratamento, atualmente, com a tecnologia disponível, ele consegue “desenhar” no computador a área do tumor a ser irradiada e as áreas a serem protegidas. Um trabalho que conta com a colaboração fundamental de um físico especializado em radiações.

No Grupo Oncoclínicas, os radio-oncologistas trabalham em conjunto com equipes multidisciplinares. Trata-se de uma abordagem mais contemporânea e assertiva de tratamento, que envolve a integração de diversas especialidades. Uma assistência ampla, completa e totalmente individualizada, que respeita as necessidades e a história de vida de cada paciente e gera melhores resultados em termos de cura, sobrevida e, principalmente, de qualidade de vida.

Controle de sintomas​

A radioterapia utiliza campos de raios X de alta energia para o controle paliativo de diversos sintomas. Embora não vise a cura do câncer, o tratamento paliativo pode ser indicado para redução ou diminuição da velocidade de crescimento de tumores ou para redução de sintomas, como dor, sangramento ou compressão sobre órgãos sensíveis.

A radioterapia paliativa pode ser indicada para aliviar a dor óssea, tratamento de compressão da medula espinal, controle de tumores ulcerantes e redução de sangramentos, tratamento de sintomas de tumores de pulmão, redução de tumores para a diminuição ou bloqueio da pressão e tratamento de sintomas de tumores de crânio​​.

Compartilhe
Ou compartilhe o link
Link copiado para sua área de trabalho.

Especialidades

Conheça todas as especialidades médicas dos profissionais do Grupo Oncoclínicas
Saiba mais